domingo, 27 de março de 2011

Dívida de Sangue

Autor: Charlaine Harris
Editora: Edições Saída de Emergência
Número de páginas: 253

Sookie Stackhouse está numa maré de azar: primeiro o seu colega de trabalho é morto e ninguém se parece preocupar; depois, é atacada por uma criatura que a infecta com um veneno doloroso e mortal. Tudo se complica quando Bill nada consegue fazer e pede a ajuda de Eric para lhe salvar a vida. A questão é que agora ela está em dívida para com Eric - um vampiro deslumbrante mas tão belo quanto perigoso. E quando ele lhe pede um favor em troca, ela tem que aceder.
De repente, Sookie está em Dallas a usar os seus poderes telepáticos para encontrar um vampiro. A sua condição é que os humanos não devem ser magoados. Mas a promessa de os vampiros se manterem em ordem é mais fácil de dizer do que cumprir. Basta uma bela rapariga e um pequeno deslize para que tudo comece a correr mal...
Entretanto, também Eric tem os seus próprios segredos...

Confesso que estive algum tempo para me agarrar a esta série (comprei e li o Sangue Fresco quando saiu), não havendo qualquer motivo em especial sem ser que a carteira não chega para tudo o que queremos ler mas, enfim, finalmente aqui cheguei. E ainda bem que lá me decidi a pegar nisto!
Como fã da série de TV é estranho observar que alguns acontecimentos diferem bastante do livro, dando a sensação que estamos a conhecer estas personagens pela primeira vez. O que acaba por causar, não só uma certa curiosidade acerca da "verdadeira história" da Sookie como nós leva a ter mais vontade de pegar no livro já que, regra geral, os livros são melhores do que as adaptações feitas a partir deles. O que acontece, de facto, com este livro.
Ao ler o livro fiquei com a sensação que as melhores partes do livro foram as que, infelizmente, foram deixadas de parte da série... Mentira! Houve uma cena em particular que agradeço que os produtores tenham deixado de parte (adivinhem!). Notei também nas personagens algumas diferenças, sendo que gostei muito mais delas nos livros, tirando o Bill, de quem não sou uma grande fã mas enfim...
Em geral, é uma excelente história e demonstra um grande engenho da parte da Charlaine como escritora pois conseguiu dar-nos uma série paranormal cheia de acção e interessante, capaz de nos proporcionar umas boas horas de leitura. Tenho de comprar o próximo rapidamente!

5/7

 

Sem comentários:

Enviar um comentário