quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Opinião - Beastly

Autor: Alex Flinn
Editora: Caracter Entertainment
Número de páginas: 304

Sinopse
Sou um monstro. Um animal. Não sou bem um lobo nem um urso, nem um gorila nem um cão. Sou uma nova criatura horrível, que caminha na posição vertical - uma criatura com presas e garras e pelo a brotar de todos os poros. Eu sou um monstro.
Acham que estou a falar de contos de fadas? Nem pensar. O local é a cidade de Nova Iorque. O tempo é o de hoje. Não é uma deformidade nem se trata de uma doença. E vou ficar assim para sempre - arruinado - a não ser que consiga quebrar o feitiço.
Isso mesmo, o feitiço, aquele que a bruxa da minha aula de Inglês lançou sobre mim. Porque é que me transformou num animal que se esconde durante dia e vagueia pela noite? Eu digo-vos. Vou contar-vos como costumava ser Kyle Kingsbury, o tipo que toda a gente gostava de ser, com dinheiro, de aspeto perfeito, a vida perfeita. E depois, vou contar-vos como me tornei perfeitamente... monstruoso.


Opinião
A Bela e o Monstro é, desde sempre, o meu conto preferido. Tinha, em criança, dezenas de livros e versões deste conto. Via a vhs da Disney, umas quantas vezes por dia. Se me perguntassem qual das princesas eu era, eu respondia, a Bela. Ainda hoje vejo no Monstro a minha idealização de príncipe. Por isso,não consigo evitar ser sentimentalista ao dar esta opinião. É sempre com prazer e saudade que regresso a esta história e recordo-me de todas as vezes que ao longo da vida me deliciei ao desfrutá-la.
Beastly, é mais uma das inúmeras versões que eu faço questão de ler ou ver daquele que ainda hoje é o meu conto de fadas de eleição. Uma versão do século XXI, com a mesma linha de todas as outras versões de A Bela e o Monstro mas que procura aprofundar um pouco mais os detalhes muitas vezes inexplicados das outras versões. Existem pormenores subjacentes a esta época que acrescentam uma lufada de ar fresco a esta história. Não é uma obra-prima e é completamente previsível mas qualquer um que goste tanto desta história como eu, saberá apreciar a leitura deste livro.
Tenho pena que a autora não tenha seguido uma vertente mais adulta e sombria deste conto mas não haja dúvida que soube juntar os ingredientes para emocionar qualquer um. A Lindy está longe daquilo que idealizo da Bela mas Kyle é sem dúvida uma personagem prometedora mas algo mal explorada. Enfim, é difícil ser original com uma história que já todos ouvimos e conhecemos.
Para mim, foi um regresso à minha infância e trouxe-me muitas doces recordações e não consegui evitar um sorriso saudoso ao longo desta leitura.

5/7

3 comentários:

  1. Tive a oportunidade de ver o filme esta semana e não se apróxima da qualidade do livro...

    ResponderEliminar
  2. Liliana, também vi o filme e realmente está muito longe da qualidade do livro mas parece que já se tornou um costume, bons livros, maus filmes =s

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Li este livro antes de ter o prazer de ver o nosso filme da Disney e gostei bastante dos dois. Acho amorosa a estória. :)

    Em relação ao filme concordo convosco. Para mim, a magia do livro perdeu-se na adaptação e tiraram partes bastante importantes do livro, que nos permitiam conhecer melhor as personagens e o enredo. O que foi uma pena...

    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar