quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Opinião - O Voo da Águia

Título Original: The Eagle's Conquest (#2 Eagle)
Autor: Simon Scarrow
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 336


Sinopse
 Estamos no ano 43 antes de Cristo. As temíveis legiões do imperador Cláudio desembarcaram nas costas da Britânia e preparam-se para uma das mais terríveis e sanguinárias campanhas na história de Roma. Sob a águia da Segunda Legião, Macro - um centurião veterano, e Cato - o seu lugar-tenente, vão ter de ir ao encontro do inimigo antes que este cresça ainda mais. É que, a cada dia que passa, aumenta o número de bretões enfurecidos e dispostos a morrer pela sua ilha. Infelizmente, os selvagens da Britânia não são o único perigo que as legiões correm. Uma conspiração de poderosos aristocratas romanos procura minar o imperador Cláudio. Para tal, estão dispostos a sacrificar a campanha contra os bretões e, se necessário, a vida de todos os legio-nários. Para sobreviver, Macro e Cato vão ter que agir muito depressa. Mas quando a campanha ameaça trans-formar-se num desastre... as opções não são muitas!

Opinião 
 O Império Romano tem dado azo ao longo dos séculos a grandes obras, com histórias e personagens inesquecíveis, umas vezes, outras nem por isso, mas não deixa de ser um tema que nunca passa de moda e que tem legiões de fãs por todo o mundo. Nos últimos anos têm proliferado autores que têm ganho notoriedade utilizando esta civilização como mote, directa ou indirectamente, como é o caso de Simon Scarrow e a sua Série da Águia, baseada na vida dos exércitos romanos, que tem conseguido os maiores elogios e conquistado todos aqueles que ainda hoje se fascinam por aquele que é considerado o maior Império que alguma vez houve e que muitos têm tentado imitar ao longo da História.
A minha experiência com este autor já tem alguns anos e não me deixou recordações. Talvez por ter lido o primeiro livro desta série numa idade em que este tipo de leitura não me puxava, talvez porque estava a espera de outra coisa, os anos foram passando e o livro esquecido. A oportunidade para voltar a ler esta série surgiu quando este livro veio como oferta nas minhas compras na banca da SdE na Feira do Livro. Talvez pela memória desse tal livro que há muito me passou pelas mãos, O Voo da Águia esteve até a uma semana a espera que eu lhe pegasse.
E querem saber? Mesmo estando a uma semana a estudar sobre gregos e romanos, isto tornou-se uma leitura completamente inesperada! Quando o comecei a ler, só conseguia pensar «Mas como é que eu não gostei disto?!». Não sei mas ainda bem que o acaso fez com que este livro me chegasse às mãos. Este livro é um vício, cuidadosamente trabalhado por alguém que conhece o “material” com que decidiu trabalhar, e é feito para aqueles que realmente adoram a história de Roma, principalmente este período, que por acaso é o meu preferido.
Bernard Cornwell, senhor que ando para ler, diz que «não precisava de concorrência desta», bem, ele podia não precisar mas nós leitores merecemos ler livros destes! Scarrow aproveitou o que de melhor Roma tinha: as campanhas, as intrigas, a política, os valores, a corrupção e a honra que andavam de mãos dadas. Brilhante, brilhante, brilhante! Apesar de saber o que iria acontecer a seguir e conhecer muitos destes nomes (ainda de mim senão soubesse!), o escritor conseguiu surpreender-me da primeira à última página e dar-me uma nova visão de um mundo já tão falado.
E tanto empolgamento não seria possível sem Macro e Cato. A forma como Scarrow junta duas personalidades tão díspares e tão sinónimas dos sentimentos vividos pelos dois lados daqueles que faziam parte do Império, foi um golpe de génio, que só por si, já vale a pena ler esta série. Depois temos as “verdadeiras” personagens como Cláudio, Vespasiano, e outros, que me deixaram mais que satisfeita. Por falar nisso, adorei a caracterização do Cláudio, era mesmo assim que eu o imaginava!
Depois temos toda a construção e caracterização das batalhas, dos banquetes, os pequenos pormenores que nos deixam de batimento cardíaco alterado e que justificam todos os elogios recebidos por esta obra. É para seguir, até porque em termos históricos eu já sei onde isto vai dar, e tenho a sensação que isto melhora!



6*

8 comentários:

  1. Parece-me interessante mas ficou-me uma dúvida, nessa série da Águia os livros são ligados entre si ou têm histórias independentes?

    ResponderEliminar
  2. Segundo o autor pode-se ler independentemente

    ResponderEliminar
  3. Bem se estás assim com este primeiro volume, só te posso dizer que vai melhor e de que maneira, em especial a partir do 3º volume ;)

    Sendo este um dos meus géneros preferidos e se gostas tanto de Roma, bem então tens que ler Colen McCuloough é a minha escritora preferida e muito por culpa da serie 1º Homem de Roma.

    Depois sobre outras civilizações:

    Gary Jimings - Serie Asteca (O escritor viveu 12 anos no méxico para compreender este imperio magnifico)

    Bernard Cornwell - Em especial a trilogia que está a ser publicada pela SDE, dizem que a sua melhor obra embora ainda não tenha lido, mas li outras coisas dele e adorei.

    Guy Gavriel Kay e o livro Os Leões de Al Rassan, vai por mim, excelente livro ;)

    George MacDonald Fraser - Há dois livros publicados pela SDE que contam as aventuras de um verdadeiro cobarde sortudo (Flashman), está excelente :D

    Ken Follett - Os Pilares da Terra, provavelmente já leste

    Não vou continuar sob pena de ser caluniado pela tua carteira, mas digo-te que qualquer destas recomendações são superiores ao Simon Scarrow, não quer com isto dizer que não leias a sua obra (ou não fosse eu benfiquista :D), pois como já te referi vai melhor nos próximos volumes ;)

    ResponderEliminar
  4. Gosto, gosto! Aliás eu gosto de tudo que tenha História =p Este é o segundo, o primeiro eu já li à alguns aninhos...
    Sabes há quanto tempo ando eu a procura dessa série e não a encontro?;_;

    E lá estás tu! Eu tenho essas séries todas em espera para ir comprar ;_; o Cornwell, Os Leões de Al-Rassan e o Flashman estão debaixo de olho à uns mesitos e a série asteca nem se fala!
    Quanto aos "Pilares da Terra", vi a série e ando para ler os livros desde então... Vergonha, vergonha!

    Qualquer dia mando a mãezinha ter uma conversa contigo!xD A minha carteira já tá é que uma depressão em cima! Isso é uma qualidade daquelas grandes *.* E viva ao SLB!

    ResponderEliminar
  5. Hum já nem me lembrava que este é o 2º volume, muito bem então.

    Penso que deves conseguir comprar via Editora On-line, se não estou em erro até estiveram com 40% de desconto, mas como estão a reeditar com capas novas quase de certeza que consegues arranjar. Se não estou em erro até tens um volume como oferta na tal promoção na compra de 2 leve um 3 grátis ;).

    Não há trabalho tão completo sobre Roma como o da Collen, ponho as minhas mãos no lume (salvo seja :P), um trabalho NOTÁVEL, já referi é a minha escritora favorita ;).

    Quanto aos outros e aqui para nós que a tua mãe não nos ouça, nem sabes o que andas a perder, depois sempre quero ver quando um dia comentares os livros se aqui o amigo fiacha não tinha razão ;) ;) :D

    ResponderEliminar
  6. Está, está, acho que é um dos últimos! Se calhar depois aproveito na Feira do Livro ;)

    Tenho mesmo de ver se leio essa série mas não são livro muito fáceis de arranjar pois não?

    O grave problema é que até agora tens tido sempre razão xD

    ResponderEliminar
  7. Sim também devem estar disponíveis na feira do livro.

    Sim os da Collen não são fáceis de arranjar, em especial porque se fores a uma FNAC, cada volume deve estar a uns 29 € e são 7 :(

    Quanto a mim vale bem o dinheiro empregue, mas tens sempre a opção de tentar arranjar numa biblioteca ou então arranjar alguém que tos possa emprestar ;)

    LOL, só estou a sugerir, sei bem que os livros não são nada baratos, eu por exemplo actualmente estou a ler o Reino do Caos através do excerto disponibilizado pela SDE, à espera de melhor oportunidade.

    Talvez venha junto com o novo do Feist no inicio do mês ;)

    Mas verdade seja dita que quantos livros não me passariam ao lado se não fosse a recomendação de pessoas que sei que têm os gostos mais ou menos idênticos aos meus.

    Agora é contigo ;)

    ResponderEliminar
  8. Pois era essa ideia que eu tinha. Vamos lá ver como é que vou fazer...

    Eu também estou a ler o excerto já que o meu deve chegar segunda-feira =p

    Sim isso é verdade!=D Sugestões são sempre bem-vindas!

    ResponderEliminar