sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Opinião - Os Jogos da Fome

Título Original: The Hunter Games (#1 The Hunter Games)
 Autor: Suzanne Collins
Editora: Editorial Presença
Número de Páginas: 254


Sinopse
 Num futuro pós-apocalíptico, surge das cinzas do que foi a América do Norte Panem, uma nova nação governada por um regime totalitário que a partir da megalópole, Capitol, governa os doze Distritos com mão de ferro. Todos os Distritos estão obrigados a enviar anualmente dois adolescentes para participar nos Jogos da Fome - um espectáculo sangrento de combates mortais cujo lema é «matar ou morrer». No final, apenas um destes jovens escapará com vida… Katniss Everdeen é uma adolescente de dezasseis anos que se oferece para substituir a irmã mais nova nos Jogos, um acto de extrema coragem… Conseguirá Katniss conservar a sua vida e a sua humanidade? Um enredo surpreendente e personagens inesquecíveis elevam este romance de estreia da trilogia Os Jogos da Fome às mais altas esferas da ficção científica

Opinião 
 Os Jogos da Fome tornou-se vício assim que foi lançado no mercado. No top de bestsellers durante semanas consecutivas em tudo o que era revista e jornal, conseguiu rapidamente ter Hollywood à espreita e já se conta os dias para o filme estrear em todo o Mundo.
 Viciante, inovador, arrebatador, emocionante. Os adjectivos usados para caracterizar a leitura que mais sensação fez o ano passado e que continua a angariar adeptos por entre os leitores portugueses, são muitos e sempre elogiosos. Para muitos, há muito que um livro não os agarrava como este, para outros quase que pode conquistar pódios de obra-prima.
Eu decidi ir na onda e acabei por comprar a trilogia. Sim as opiniões influenciaram mas só depois de ter visto o trailer do filme. Fiquei tão arrebatada que só conseguia pensar que tinha de ler os livros rapidamente! Portanto, pedinchei a caixa arquivadora com os três e fui presenteada com ela. E sabem que mais?
É tudo verdade. É, sim. Até fiquei espantada quando percebi que o livro consegue ser mesmo tudo aquilo que se tem dito sobre ele. Confesso, não estava nada a espera de ficar tão empolgada nesta leitura! Aqui não há tempo para ritmos lentos e grandes introspectivas. Os Jogos da Fome é acção da primeira a última linha.
Tem um enredo fenomenal que bastava para cativar mas a autora é daquelas inteligentes que decidiu aproveitar a fundo a história que criou e, por isso, também temos personagens dignas do enredo, diálogos inteligentes e muitas cenas de se perder o fôlego. Melhor, ainda não há cá lamechices chatas para nos tirar a vontade de ler! Para mim, foi perfeito. No meio de tanto livro parecido, Suzanne criou algo completamente inovador, o que já basta para a aplaudir de pé.
Claro que para algo desta envergadura tinha de haver uma protagonista decente. A Katniss é daqueles achados que só por ela eu já fico contente de ter lido o livro. Tem personalidade, força, mau feitio mas não deixa de ter um bom coração. O Peeta é diferente e por isso também já ganha pontos. O restante role é bastante bom. Há de tudo um pouco, desde os que nos fazem rir aos que nos irritam e espero no próximo livro ficar a conhecê-los melhor.
Quanto à história propriamente dita, eu não sei quantos vezes ia ficando sem respiração, quantas vezes ia roendo as unhas, quantas vezes disse para mim mesma «só mais uma página». Ler este livro é querer mais e mais, chegar a última página e arrancar cabelos. Se me perguntarem o porquê, bem, digo-vos que só percebi quando o li. É a sua simplicidade. Através de um cenário futurista destrutivo, a escritora aproveitou velhas questões como a liberdade para dar vida à sua história. De uma forma básica e quase animalesca, é nos colocada uma situação que a maior parte de nós nunca se teve de preocupar: e se tivéssemos de matar para sobreviver? E se toda a nossa vida fosse controlada?
É o tipo de livro que nos faz arrepiar, que leva as sensações ao limite, que mexe com os nossos valores. Não é uma obra-prima mas é daqueles livros que vai ganhar legiões de fãs e vai perdurar no imaginário de muitos.  

6*

11 comentários:

  1. Acabei ontem de ler. É mesmo viciante e a história é muito original! Espero que o fanatismo que o filme vai trazer não estrague tudo.

    Cumps!
    Alu

    ResponderEliminar
  2. Olá Alu!
    Essa é uma questão que também me preocupa mas veremos o que acontece... Por agora vou contentar-me em ler os outros dois =p

    Beijos e boas leituras,

    ResponderEliminar
  3. Tens noção que estou para escrever a opinião à trilogia há montes de tempo e não me sai nada? Gostei bastante, mas a preguiça é muita.
    Enfim...
    E acho que quando dissets "thriller" querias dizer "trailer" XD

    ResponderEliminar
  4. Filipa, nunca pensei que ia gostar tanto =D

    Mar, então? Inspira-te que eu quero ler a tua opinião! Ah pois queria xD

    ResponderEliminar
  5. Tenho mesmo de ler. Cada opinião que leio deixa-me ainda mais curiosa :)

    Gosto do visual do blogue, o título está lindíssimo!

    ResponderEliminar
  6. Ena, homónima, que opinião poderosa! Gostaste imenso do livro, estou a ver. :) Já ouvi inúmeras opiniões positivas e também por isso fui influenciada a adquirir o pack… que ainda não lhe toquei. Mas, confesso, que a tua opinião me deixou em pulgas! Tenho mesmo de encontrar um «buraquinho» para ler «Jogos da Fome». :)
    De qualquer das formas, tenho de te perguntar: que estás a achar da continuação? Já houve quem me dissesse que os livros seguintes perdem muito do entusiasmo do primeiro volume...

    ResponderEliminar
  7. Elphaba, lê que vale a pena =) gostas?=$ acho que desta acertei com o visual! Obrigada!

    Homónima, eu estou mais espantada que tu por ter gostado do livro xD Nunca pensei que me puxasse tanto! Arranja um buraquinho antes do filme sair que não te vais arrepender. Ler algo novo é sempre bom!
    Ainda vou muito no início do "Em Chamas", mas até agora do que pouco li está a agradar-me ;)

    ResponderEliminar
  8. Eu também gostei imenso do livro (http://lclavado.blogspot.com/2010/09/hunger-games-by-suzanne-collins.html) e estou super curiosa para ver o que fizeram no filme que geralmente não é grande coisa... mas vamos espera pelo melhor :)

    ResponderEliminar
  9. Vou agora tentar escrever a opinião a este livro. Tentar porque acho que não vou conseguir expressar tudo o que quero, tudo o que senti – um pouco a mesma dificuldade que tiveste. :) Admito, estou completa e totalmente boquiaberta com este livro. Mesmo. E há bastante tempo que isso não acontecia. É como dizes, e muito bem, não é nenhuma obra-prima mas há qualquer coisa nele, talvez a sua frieza e crueldade, que simplesmente cativa. Gostei imenso do Peeta. A Katniss é, tipo, genial!, mas o Peeta manteve-me sempre curiosa por saber o que realmente andava a tramar... e foi comovedor saber que, afinal de contas, ele não sabia nada “do que se estava a passar”, se é que percebes o que quero dizer. :)

    ResponderEliminar
  10. Homónima, estás como eu, a ler isso freneticamente!=O Oh como eu te compreendo, foram as mesmas sensações que me prenderam!
    A Katniss é tipo uma protagonista à parte de tudo o resto, genial é mesmo a palavra certa.
    Ai não que não percebo =p Essa parte é tipo linda *.* O Peeta puxa o meu lado romântico xD

    ResponderEliminar