sexta-feira, 23 de março de 2012

Opinião - Deusa do Mar

Título Original: Goddess of the Sea (#1 Goddess Summoing)
Autor: P. C. Cast
Editora: Edições Asa
Número de Páginas: 384

Sinopse
 Christine Canady, CC, é sargento da Força Aérea e no dia do seu 25º aniversário, já depois de uns quantos copos de champanhe a mais, faz uma dança em cima do balcão do bar pedindo à deusa da terra um pouco mais de magia na sua vida.
No dia seguinte, o seu voo com destino ao médio oriente, num C-130, termina num desastre com o avião a despenhar-se no Oceano. Quando pensava que o seu destino estava traçado e a sua morte era certa, ela apercebe-se de que está a respirar debaixo de água e se encontra perante a mais bela sereia que poderia imaginar.
Concedendo à sereia o desejo de ser humana, elas trocam de consciência e em breve CC vê-se imersa nas intrigas da corte das sereias, e com dificuldade em resistir aos encantos do pretendente real.
Mas, o desejo de voltar a terra vai fazer com que CC se cruze com o cavaleiro dos seus sonhos, vendo-se envolvida num arrebatador triângulo amoroso.


Opinião

P. C. Cast tornou-se conhecida do público pela sua saga juvenil de vampiros, A Casa da Noite, que escreve em conjunto com a sua filha, Kristin. Depois de ter conseguido chegar ao sucesso de Crepúsculo, a autora decidiu aventurar-se por algo mais feminino e mais adulto e criou Chamamento da Deusa, cujo primeiro volume é este Deusa do Mar. Também bestsellers, esta saga chegou a leitoras onde a outra não conseguiu chegar e transparece o carinho que a própria P. C. confessa ter por estes livros.
Tenho de confessar que apesar de ter adorado o conceito desta saga e o tema deste livro em particular e, já agora, a capa que está lindíssima, quando vi quem era a escritora desmoralizei de imediato, por isso, não pensei mais no livro, tirando para o dar de prenda de anos à minha tia mais nova que tem vindo a insistir para eu o ler e lá decidi fazer a vontade à criatura. E, vou ter de admitir que não é tão mau como eu julgava. Continuo a pensar que se fosse outra pessoa a escrevê-lo que estaria muito melhor mas tenho de dar a mão à palmatória e dizer que no geral foi uma leitura agradável.
A história não é brilhante nem nada que se pareça mas a ideia está engraçada e o facto de não ir com expectativas nenhumas fez com que eu gostasse mais do livro do que se calhar seria suposto. Mesmo assim, a verdade é que continuo a achar que Cast tem boas ideias mas não sabe aproveitá-las ou desenvolvê-las. Neste livro não soube aproveitar quer os cenários marítimos, quer a mitologia relacionada com o mar. Aliás, para um livro com sereias, soube a pouco. Preferia que ela tivesse aproveitado a vastidão de coisas relacionadas com o tema em vez do caminho que ela escolheu e que na minha perspectiva, tirou a piada ao livro. Eu queria sereias e mar, um romance digno de Pequena Sereia, não mosteiros e questões religiosas, por favor.
Mais uma vez, Cast quer exceder-se e a coisa não funcionou. O que é irritante, porque a pouca parte relacionada com o mar está fantástica. A sério! Até eu fiquei parva porque está giro e deu-me vontade de ler mais até chegarmos outra vez a terra, aí lá se foi a vontade. Tirando Geia, as personagens mais interessantes eram as marinhas e a escritora não soube explorar a sua ideia inicial.
Quanto aos diálogos existe uma ligeira melhoria para aquilo que eu já tinha lido dela e mesmo em questão de personagens, estão melhor concebidas e construídas, o que faz com que exista uma identificação maior com eles da nossa parte. Infelizmente, mesmo aqui tem a tendência de não sei quantos pretendentes para a protagonista. Ela não se pode cingir ao mau da fita e ao querido de serviço de vez em quando? É que isto enerva qualquer um.
Sinto que fiquei mais de pé atrás com o livro pelas pequenas evidências pelas quais Cast é conhecida, só que isso não é algo que eu possa alterar, logo a minha opinião do livro também não pode ser melhor. Este é um daqueles casos que se o tivesse lido à uns aninhos teria gostado mais.
Sendo realista achei este livro melhor em termos gerais e como a pessoa que o tem vai comprar a restante saga eu vou ler pelo menos o próximo a ver se a coisa melhora senão, tenho bom remédio, não leio mais. O problema é que dizem que o melhor está muito melhor e eu gosto ainda mais do próximo tema, o que eu ainda não sei se é bom. Esperemos para ver.

4*

6 comentários:

  1. Muito sinceramente, concordo contigo, achei o livro demasiado infantil, mas se calhar eu é que já sou muito velha:)

    ResponderEliminar
  2. Não és não! O livro é que é mesmo infantil, bahhh!

    ResponderEliminar
  3. bem, ainda não li mas... confesso que não li pelas mesmas razões pelas quais tu adiaste a leitura. O facto de ser Cast a escrever deixou-me logo de pé atrás.
    Acho que ela tem esse grande problema por ti referido, tem boas ideias mas depois perde o rumo, não aproveita as ideias que tem...
    Não sei se o lerei.

    ResponderEliminar
  4. Alice se não estás com vontade não vale a pena. Eu queria tirar a teima e tá tirada mas não me aqueceu nem me arrefeceu.

    ResponderEliminar
  5. Eu fui uma das que gostei mais do segundo livro, mas se ficaste de pé atrás com este não tenho a certeza se vai mudar com o próximo :P

    ResponderEliminar
  6. Tu não me digas isso =O Já fiquei desanimada ;_;

    ResponderEliminar