quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Opinião - Jovens Lobos

Título Original: Young Bloods (#1 Revolution)
Autor: Simon Scarrow
Editora: Saída de Emergência
Número de Páginas: 496

Sinopse
 Descubra a história que levou à invasão de Portugal por Napoleão

Esta é a história de dois gigantes da Europa: Wellington e Napoleão. Nos finais do século XVIII a Europa era um caldeirão de guerras e rebeliões um pouco por todo o lado. O jovem Arthur Wesley (mais tarde conhecido por Lord Wellington) e Napoleão Bonaparte crescem
em mundos diferentes mas ambos numa cultura onde a carreira militar é a escolha óbvia para homens de ambição.
Enquanto Wellington tem as suas primeiras aventuras na Irlanda e em Flandres, Napoleão vê-se envolvido nos dramas da Revolução Francesa e na guerra com a Prússia, Reino Unido e Holanda. Mas nada disto é
suficiente para distrair Wellington da paixão por Kitty Pakenham, nem Napoleão da loucura pela bela e sensual Josefina, pois estes homens atiram-se a todos os aspectos da vida como se estivessem num campo de batalha.
Um livro maravilhoso, simultaneamente educativo, divertido e épico!


Opinião 
 Professor no colégio de Norwich, Simon Scarrow partilha o seu amor pela antiguidade clássica para levar os seus alunos a ruínas e museus, locais para onde corre de cada vez que pega num livro. Tem como autores favoritos, os “grandes” da ficção histórica militar, como Cornwell, O’Brian ou Forester, e um dia decidiu seguir os seus passos, o que os seus leitores vão agradecer até ao final dos seus dias. A Série da Águia foi um tremendo sucesso mas A Revolução não ficou nada atrás com os seus quatro volumes sobre os dois maiores generais que a Europa viu combater nos seus campos. Como disse Cornwell, «Eu não precisava deste tipo de concorrência».

Quando comecei a Série da Águia, da qual ainda só li dois míseros livros, percebi que me ia entender muito bem com este senhor, principalmente depois de ver que ele decidiu escrever sobre duas figuras que eu admiro. Apesar de ser rapariga enquanto menina da História, ganhei um certo fascínio pela parte militar pois dela também advieram evoluções, tanto bélicas como sociais ou económicas, para além de serem prolíferas em grandes homens que marcaram épocas, como Wellington e Bonaparte. Este livro é uma oportunidade de conhecer a visão de um excelente escritor sobre as vidas públicas e privadas destes dois homens, desde o nascimento e por entre os momentos marcantes das suas vidas.
Que Scarrow é um grande escritor, que respeita os factos históricos e os adapta na perfeição à ficção eu já sabia, só não sabia que ele era capaz de fazer ainda melhor. Os Jovens Lobos começa quando dois rapazes nascem, no mesmo ano, em locais diferentes, com vidas diferentes. Um está destinado a ficar para trás e a nunca esquecer que a sociedade é como é, outro está destinado a não ser ninguém a não ser que se revolte e se supere a si mesmo. Uma narrativa poderosa, cheia de momentos caricatos e lições de vida, este livro dá-nos a ver o melhor e pior, o passado e o futuro, de duas nações, sempre inimigas, sempre separadas que vão combater entre si na figura de dois homens que provaram que o destino pode estar errado.
Ao acompanharmos a infância e adolescência, até a idade adulta, de Arthur e Napoleão, conhecemo-los de uma forma profunda, pois o autor conseguiu conceber na perfeição a personalidade de ambos os generais, permitindo-nos compreender as figuras históricas para lá dos livros. As ambições, vontades e desafios de ambos são espelhados numa narrativa que vai prender da primeira a última página, onde cada personagem é fortemente retratada, onde momentos pessoais se juntam aos momentos que os tornaram imortais. Entre um rol de personagens vastas, desconhecidas ou famosas, familiares ou ódios de estimação, amores e amigos, o autor aprofunda os factos conhecidos e dá-nos uma visão sem igual de uma época a beira da ruptura.
Se as personagens nos parecem tão vivas quanto nós próprios, a força da narrativa, recheada de diálogos espirituosos, tão rebeldes e filosóficos como seriam naquela altura, transporta-nos através do tempo e não nos deixa dúvidas acerca do trabalho árduo e cuidadoso do autor. Podem encontrar o mesmo humor, as mesmas cenas bélicas detalhadas, a escrita vivaz, que encontrarão na Série da Águia mas ainda melhor. Scarrow supera-se a si mesmo e num desafio tão corajoso, ele não defrauda os seus leitores, ajustando os factos à ficção, a História ao dia-a-dia, ele concebe um início de série que tende a melhorar nos próximos volumes,
Enquanto volume introdutório de uma série, este poderá ser o livro com momentos mais desconhecidos e não tão interessantes mas ao identificarem algumas personagens e momentos terão a gratificação de poderem conhecer o início de tudo e sentiram sempre a vossa curiosidade a ser satisfeita. Uma leitura que vos parecerá um puzzle que dará prazer de deslindar.
Apesar de ainda mostrar mais ficção do que factos, é um livro que está bem construído, tendo todas as situações sido usadas em benefício da leitura, de forma a construir uma narrativa coesa que mantivesse um ritmo igual em ambas as partes. Ao colocar a narrativa dos dois generais par a par, data com data, o autor conseguiu manter a curiosidade do leitor e equiparar as duas vidas, mostrando com as alterações sociais e políticas ou pessoais iam mexendo com a vida de cada um deles e as respectivas perspectivas ao novo espírito que nascia na Europa.
Um livro fantástico para os fãs de ficção histórica militar, da Revolução Francesa ou que apenas gostem de ler acerca de grandes personagens históricas, de um autor que tem conseguido manter-se a par com outros grandes nomes do género.

7*

2 comentários:

  1. Ois,

    Apenas conheço os livros da serie da Águia (como bom benfiquista lol) e gosto bastante. Mas não tive coragem de me aventurar para mais uma saga deste escritor, é muita coisa, mas parece que vale a pena *assobio*

    BJS

    ResponderEliminar
  2. Olá!

    Se não estou enganada, esta tem mais 3 livros...só eheheheh
    Arranjei este nos livros de €5 da SdE na Feira do Livro ;)

    beijinhos

    ResponderEliminar