quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Opinião - Tabu

Título Original: Taboo (#2.5 Albright Sisters)
Autor: Jess Michaels
Editora: Quinta Essência
Número de Páginas: 240

Sinopse
 Ao perderem-se no êxtase erótico que volta a renascer entre eles, Nathan Manning, conde de Blackhearth e Cassandra Willows, a mais famosa costureira de Londres e criadora de "brinquedos" sexuais, estão a tentar a sorte - ficando vulneráveis a um passado que ainda ameaça destruir as suas vidas e a sua paixão; à mercê de segredos sombrios e tácitos que são chocantemente, perigosamente… tabu.

«Jess Michaels superou-se novamente! Este livro vai atrair os leitores desde a primeira página e não os largará até à sua conclusão maravilhosa. É uma leitura obrigatória para os fãs de romance histórico sensual.»
Romantic Times

«Tabu é uma peça de ficção estelar… Jenna Petersen, escrevendo sob qualquer nome, continuará a ser uma das minhas autoras preferidas por muitos anos.»
Rakehell


Opinião 
 Quando começou a escrever em 1999, incentivada pelo marido que só queria que ela fosse feliz, Jess Michaels estava longe de imaginar que um dia, depois de muitas lágrimas e rejeições, seria reconhecida como a Estrela do Romance Sensual. Autora de trinta e sete livros, a autora escreve em vários géneros de literatura, usando um pseudónimo para cada um. Jess Michaels é um dos seus três pseudónimos, Jenna Petersen é usado nos seus romances históricos e Jesse Petersen nos seus livros de fantasia urbana, enquanto este aparece nos seus romances sensuais, pelos quais já ganhou vários prémios e sendo muitos deles bestsellers. Para além de escrever, a autora cria joalharia e é conhecida pelo seu site para aspirantes a escritoras, o Passionate Pen.

Finalista na categoria de Melhor Romance Sensual nos Australian Romance Readers Awards, Tabu é o primeiro livro da autora publicado por cá e faz parte de uma série, apesar de se poder ler isoladamente, visto não ter qualquer relação com as protagonistas dos outros livros. Chamado de «peça de ficção estelar», este livro é, realmente, «demasiado quente para se largar».
Este não é um género que prolifere na minha estante, muito culpa das más experiências anteriores e por ansiar sempre que este tipo de livros consiga ser mais do que o mesmo, pois geralmente não passam de longas descrições sexuais sem outro tipo de conteúdo ou história, pra os quais não tenho muita paciência. Mas, surpresa, surpresa, Tabu é um livro erótico em toda a acepção da palavra e tem uma história, com cabeça, tronco e membros e ainda consegue ter um bocado de originalidade no género, o que é quase um milagre.
Escrito de uma forma bela, crua e sensual, que consegue transmitir sensações através das páginas, capaz de provocar um sorriso maroto e umas quantas faces coradas ou, até alguns afrontamentos, sem deixar de ter qualidade, Tabu é arrojado e único, um livro que desperta os sentidos e acelera o coração numa miríade de descrições que vão chocar e tentar qualquer leitor que tenha coragem de pegar neste livro. Não escondendo aquilo que é, um romance histórico erótico, não deixa também de ser um hino à luxúria, ao amor, a paixão e ao desejo, onde as emoções que duas pessoas podem causar uma a outra são exploradas de uma forma humana e poderosa, onde não há dúvidas que o tempo, as mentiras e os segredos não conseguem abalar os grandes amores.
Grande parte deste livro centra-se na relação sexual dos protagonistas, na forma como a atracção mexe com eles, como a tentação pode quebrar as vontades mais férreas e como a marca de uma alma gémea pode ficar impressa num toque, num beijo, num suspiro. Recheadas de erotismo, estas cenas mais fortes, onde não faltam apetrechos, vão desde a brutalidade a doçura, do desejo obsessivo ao amor mais doce e, se no início, parece que a narrativa não vai evoluir, a autora surpreende-nos ao ceder em pequenos momentos, ao alterar, pouco a pouco, os sentimentos dos protagonistas e a concentrar-se mais na parte romântica da sua relação, o que altera toda a nossa visão do livro e apimenta ainda mais o nosso interesse por ele.
Ponto-chave deste livro são, sem dúvida, os protagonistas. Atormentados, apaixonados e irreverentes, são duas almas fortes, há muito zangadas e perdidas, onde o espírito de vingança impera e a busca pelo perdão e pelo amor está a demasiado tempo enterrada. Cassandra é uma força da natureza, alguém que conquistou tudo, menos o que sempre desejara, e que por portas travessas, realiza fantasias e foge de todos os bons costumes. Já Nathan, é um sobrevivente que busca uma vingança e fará de tudo para a ter. Juntos são um par explosivo, ansioso e extremamente apaixonados, que vão guerrilhar até ao fim pela rendição do outro.
Um livro que se revelou melhor do que estava a espera, Tabu é um ataque as regras, irreverente e cheio de detalhes deliciosos, que vão fazer o leitor vibrar e suspirar na mesma medida. Capaz de passar das palavras brutais ao gesto mais carinhoso, este livro representa a linha ténue entre o amor e o ódio, entre a omissão e a mentira e a vingança e a obsessão.
Para as aventureiras, para as românticas, para quem está farto do género, para quem adora, para quem não gostou ou experimentou, este é o livro que todas deviam ler, nem que seja para comprovarem que Jess é mesmo a estrela do romance sensual.


6*

4 comentários:

  1. Também gostei muito deste, Homónima, mais ainda do que o livro que o seguiu - «A Força do Desejo». Além de que esta capa deve ser das mais bonitas que vi editada por cá...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já cá tenho esse para ler =)

      Esta capa é tão gorgeous *.* vale a pena só para teres este livro na estante =P

      Eliminar
    2. É que é mesmo! A capa deixa logo a estante com «melhor aspecto»! =D Não há como lhe resistir. Eheheh

      Eliminar
  2. eu já li este há um tempo, na altura as editoras ainda não estavam com a febre do romance erótico. Eu esperava um romance, pura e simplesmente, não estava à espera do resto :)
    Sinceramente não gostei, achei que era só sexo. Se todos gostassemos do mesmo, o mundo seria mt cinzento :)
    qd estava a escrever o comentário tive um problema, não sei se o primeiro comentário vai aparecer, se aparecer, por favor ignora, porque está incompleto.

    ResponderEliminar