sexta-feira, 26 de abril de 2013

Opinião - A Cidade dos Ossos

Título Original: City of Bones (#1 Caçadores de Sombras
Autor: Cassandra Clare
Editora: Planeta
Número de Páginas: 415

Sinopse
 No Pandemonium, a discoteca da moda de Nova Iorque, Clary segue um rapaz muito giro de cabelo azul até que assiste à sua morte às mãos de três jovens cobertos de estranhas tatuagens.
Desde essa noite, o seu destino une-se ao dos três Caçadores de Sombras e, sobretudo, ao de Jace, um rapaz com cara de anjo mas com tendência a agir como um idiota...

Opinião
  Filha de pais americanos, Cassandra, ou melhor, Judith Rumelt, nasceu em Teerão, no Irão. Ao longo da sua vida viveu em vários países, conheceu vastas culturas e apenas quando começou o secundário é que assentou de vez em Los Angeles até se mudar para Nova Iorque e, foi também nessa época que começou a escrever algumas histórias, tendo a sua adaptação de um conto de Jane Austen dado origem ao nome pelo qual é conhecida. Depois de anos a trabalhar em revistas de mexericos, Cassandra deixou as fanfics de Harry Potter de lado,e começou a escrever o seu primeiro livro, inspirado no urbanismo e cosmopolitismo de Manhattan, cuja publicação lhe permitiu escrever a tempo inteiro, livrar-se das histórias cor-de-rosa e tornar-se uma autora mundialmente famosa.

  Publicado em 2007, o primeiro volume da série Caçadores de Sombras, A Cidade dos Ossos, tornou-se um sucesso a escala mundial. Publicado em vinte países, tornou-se uma das séries literárias mais viciantes de sempre, tendo milhares de fãs ansiosos pela adaptação cinematográfica que chegará em Agosto deste ano. Primeiro volume de uma série que contará com seis livros, o último será publicado em Março de 2014, conta ainda com uma trilogia antecedente e agora uma nova série acerca de uma das personagens mais emblemáticas.

  Numa noite normal da sua jovem vida, Clary vê o que não devia, o que não existe, algo com que nem sonhava. Depois dessa noite, a sua vida desfaz-se e retorna das cinzas para um novo mundo, cheio de perigos, segredos e uma guerra ancestral, um mundo que sem saber, sempre lhe correu no sangue. Enquanto descobre que os pesadelos podem ser palpáveis e que nem sabe quem é ou os seus, Clary tem de desbravar as leis, a sociedade, as intrigas deste submundo e, ainda, lidar com as coisas mundanas da sua vida anterior. Jace, é o melhor Caçador de Sombras da sua geração e, tal como Clary, tem ligações a um passado de que ninguém gosta de falar mas agora vão ter de enfrentar juntos quem são, quem se espera que se tornem e quem realmente querem ser. Eles são Caçadores de Sombras, herdeiros de uma linhagem de guerreiros. Eles vão ter de enfrentar os segredos e mudar o destino.

  Cassandra Clare é, indiscutivelmente, a senhora, dona e rainha de um género que já deu muitas cartas mas que pela sua mão ganha uma nova vida, uma nova dimensão que conquistou e ainda irá conquistar leitores de todos os géneros e idades. Com uma escrita que envolve, vicia e nos tortura a cada reviravolta, a autora criou uma série tão fantástica que é difícil resistir ao chamamento que ao virar de cada página nos atiça a ler mais e mais. Não é a toa que Caçadores de Sombras se tornou um fenómeno. Através da sua escrita divertida, inteligente, cheia de força, juventude e ironias mas sem esquecer o lado mais negro e perigoso que vive nas sombras, Cassandra marca e ganha pontos a cada desenvolvimento, cada acontecimento que nos corta a respiração e nos arregala os olhos e nos faz querer devorar este livro pela noite dentro.

  Marcante pela irreverência e originalidade do seu mundo, este livro é uma lufada de ar fresco que não deixa de ser um ar pesado, onde quase se pode sentir o mistério a adensar-se a nossa volta enquanto os segredos são desvendados nas formas mais improváveis e cada acto, cada gesto tem uma importância e significados escondidos que podem alterar tudo de um momento para o outro. Apesar de apresentar algo tão banal como vampiros, lobisomens, feiticeiros, aqui encontrarão uma elite que levará a nossa imaginação mais longe. Cada pormenor e detalhe à volta dos Caçadores de Sombras, das Cidades a que pertencem, de cada elite e objecto que lhe dão vida, é fantástico, do outro mundo e que não deixa de se adaptar a nossa banalidade, sendo tão credível que quase podemos achar que é real.

  Para isso, também muito contribui a naturalidade com que o enredo se desenvolve, como cada peça se encaixa. Há uma fluidez, um raciocínio por trás de cada momento que nos transporta facilmente para a pele de Clary, tornando não só a história verosímil como faz com que tudo tenha um sentido. O nosso mundo está tão entrançado neste submundo que é impossível desligar um do outro. Depois temos a forma como a autora escolheu construir a sua história. Aqui pouco encontrarão daquilo a que chamámos os clichés habituais. Reviravoltas, personagens, acontecimentos, tudo é tão diferente que não é difícil perceber o porquê do sucesso desta série.

  Quanto às personagens, será que vos espanta se eu disser que encontrei os melhores protagonistas de sempre deste tipo de séries? Sim, estou mesmo a falar a sério. Clary e Jace, são diferentes. Fortes, corajosos até a loucura, tão passionais quanto racionais, eles não são o típico casal, estão bem longe disso. E à sua volta contam com outras personagens tão marcantes quanto originais, com passados escondidos, sentimentos guardados, segredos por revelar. Existe nestas personagens uma humanidade e ao mesmo tempo algo tão fantástico que ficar indiferente a elas é tão impossível como não virar a próxima página.

  A verdade é que há muito tempo que não me sentia tão entusiasmada com uma nova série como me estou a sentir com esta. Não só pelo final avassalador mas também por tudo o resto que ela nos traz. A Cidade dos Ossos é um princípio prometedor, um primeiro volume que nos faz querer correr para a livraria mais próxima e trazer toda a série atrás. Resta-me dizer, Cassandra estás aprovada.

7*

6 comentários:

  1. Viciante, mesmo. Pior, ela gosta de se meter connosco (os fãs) lançando teasers a torto e a direito no Tumblr dela. (O qual não recomendo veres para já, porque deve ter spoilers para todos os livros pelo menos até ao Clockwork Princess.) Damn you, Cassie. xD

    Acho que senti essa mesma sensação que descreves quando li este livro. De ser uma coisa diferente de tudo o que já tinha lido. Agora já me habituei à "voz" da Cassandra, mas foi essa mesma que me fez continuar a lê-la, porque sei lá, ela dá um toque de originalidade e realidade à história. E é tortuosa. xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta mulher vai-me matar aos bocadinhos, eu pressinto!!!;_; Eu vou tentar não ir cuscar loool

      Tortuosa?? Ela é maligna! Ela provoca ataques de coração e suores frios! Aquele twist o final deu-me vontade de espetar grandes facas nalguma coisa xD

      Eliminar
  2. Olá! Já tinha lido várias vezes a sinopse deste livro mas nunca me chamou a atenção. Mas tu conseguiste convencer-me :) Estou com vontade de ler este livro e ver com os meus próprios olhos o que tem para me mostrar :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que te convenci!=D
      Eu andava à anos a namorar esta série e finalmente peguei nela e não estou nada arrependida ;)
      Acho que fazes muito bem!

      beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Ainda bem que gostaste da nossa "Cassie"!:)
    Ai Jace (suspiro*)... Tens de ler a trilogia toda! Prepara-te para noites mal dormidas xD

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já cá tenho o segundo!:D E já sei qual é a livraria que vende todos *.* looool
      Jace, Jace, Jace.... *.*

      beijinhos

      Eliminar