quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Tentações: Sob o Céu que Não Existe [Planeta Manuscrito]

Primeiro livro de uma electrizante trilogia
ambientada num futuro fictício, mas
assustadoramente possível
Já nas suas livrarias


Título: Sob o Céu que Não Existe 
Título Original: Under The Never Sky
Autor: Veronica Rossi
Editora: Planeta Manuscrito
Número de Páginas: 296
Preço: €17.76






Veronica Rossi
   Formou-se na UCLA e estudou Arte no California College of the Arts, em São Francisco.
Começou a escrever ficção para adolescentes e recebeu os primeiros prémios dos concursos anuais da Pacific Northwest Writers Association e da SouthWest Writers antes de terminar Sob o Céu Que não Existe. Desde então, é requisitada por editoras de todo o mundo e já recebeu
um convite da Warner Bros.
  Veronica vive no Norte da Califórnia com o marido eos dois filhos.
  Pode visitá-la no Facebook ou em www.veronicarossi.com



Sob o Céu que Não Existe
Sinopse:    UMA ALIANÇA IMPROVÁVEL NUM MUNDO PERIGOSO.

                                 UMA AVENTURA DE TIRAR A RESPIRAÇÃO.

                                          UM ROMANCE INESQUECÍVEL

  O mundo mantinha-os separados, mas o destino reuniu-os. Aria viveu toda a vida no Casulo protegido de Reverie. Este era o seu mundo e nunca pensou sobre o que estaria para lá das fronteiras.
  Mas, quando a mãe desaparece, Aria vê-se confrontada a sair para o exterior para a procurar, e a sobrevivência no deserto o tempo suficiente para a encontrar parece impossível.
  Então Aria encontra um estranho chamado Perry. Ele também está à procura de alguém. Mas é um Externo, um Selvagem, contudo é a única pessoa capaz de a manter viva na travessia do deserto.
  E se conseguirem sobreviver serão a esperança um dooutro para encontrar respostas às perguntas que vão surgindo àmedida que se vão conhecendo.


Porquê uma tentação?
Ando a namorar este livro há um ano e este ano estive quase para o ler em inglês mas descobri que ia sair cá e por isso esperei mais uns meses e espero que valha a pena! É uma distopia, um género de que gosto cada vez mais e as críticas lá fora têm sido estupendas.

1 comentário: